Whatsapp na gestão do condomínio

Evite falar de religião, política, futebol ou qualquer outro assunto polêmico que possa causar estranheza entre os condôminos. Acredite: se acontecer, será muito mais difícil reverter depois;⠀

2. Seja objetivo(a). Em alguns casos, é indicada a criação de uma lista de transmissão, não um grupo, apenas para informar, não discutir (não sabe como fazer? Fale conosco!);⠀

3. Não deixe ninguém sem resposta! Mesmo que não possa resolver imediatamente, ao menos confirme o recebimento da mensagem com educação;⠀

4. Por último, o WhatsApp não deveria ser o canal oficial de informes do condomínio, mas muitas vezes acontece. Outras sugestões: e-mail, aplicativo ou site do próprio condomínio, livro de ocorrências, entre outros.⠀

Curtiu? Você já passou por situações ruins no aplicativo? Conta pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *