Saiba as regras básicas para animais em condomínios

Condomínios podem ser considerados como comunidades, sendo assim, os condôminos devem respeitar a convenção condominial e os demais regulamentos internos. Cada condomínio tem suas regras. Alguns deles proíbem animais em suas dependências, e muitos até fazem restrições abusivas.
Ter um bichinho convivendo com muitas pessoas exige bom senso, mas existem três regras básicas a se seguir e que podem facilitar a convivência do seu pet no condomínio.

Segurança
Você deve se assegurar de que a presença do seu animal não vai comprometer a segurança dos outros moradores. Evite andar com seu cachorro sem guia nas áreas comuns do condomínio e no elevador, por exemplo.

Silêncio
Sabemos que animais como cachorros latem e não há como controlar com 100% de eficácia o barulho que seu pet pode fazer, mas essa é uma questão importante. Quando o animal quebra o silêncio em horários estabelecidos pelas regras do condomínio na “lei do silêncio”, o dono pode ser punido.

Saúde
Mantenha seu pet vacinado e com a higiene em dia. Animais com qualquer tipo de doença que possa ser transmitida para moradores ou outros animais devem ficar afastadas das áreas comuns do condomínio. Sempre recolha as fezes do seu animal, caso ele faça suas necessidades nas áreas comuns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *